20 livros para ser um empreendedor melhor

6 minutos para ler

Inspiração

São Paulo – Todo empreendedor deve reservar uma parte da sua rotina para buscar referências e se inspirar. Ter novas ideias e adotar novas práticas são essenciais para a saúde de uma empresa, seja ela uma startup ou uma empresa de médio porte.

Com a ajuda de Carlos Arruda, coordenador do Núcleo de Inovação da Fundação Dom Cabral, Mike Martins, diretor executivo da Sociedade Latino Americana de Coaching, Thiago de Carvalho, coordenador do Centro de Empreendedorismo (CEMP) do Insper, Sílvio Celestino, sócio-fundador da Alliance Coaching, e João Bonomo, professor de empreendedorismo do Ibmec/MG, EXAME.com listou 20 dicas de obras para empreendedores.

“A Arte do Começo”

1

O autor é especialista em tecnologia e marketing e, na década de 80, foi um dos funcionários responsáveis da Apple pelo marketing do computador Macintosh. Para Bonomo, a obra mostra como o empreendedor pode alcançar vantagens competitivas quando seu empreendimento é inovador.

“A Decolagem de Um Grande Sonho”

2

Escrito em primeira pessoa, a obra traz a história de Ozires Silva e suas experiências de vida desde sua infância até a criação e consolidação da Embraer. “O livro é baseado em sonhos e determinação, no fato de que os empreendedores não apenas empreendem, mas levam um país inteiro a acreditar em seus sonhos”, diz Arruda.

“A Escola dos Deuses”

3

Obra voltada para empreendedores e estudantes que desejam deixar de lado uma vida mecânica e repetitiva. “O livro fala sobre a importância de se criar primeiro o mundo interior, das reflexões, dos pensamentos, para depois produzir o mundo exterior”, explica Celestino.

“A Linguagem das Emoções”

4

O autor da obra é consultor da série norte-americana Lie to Me e explica que é possível lidarmos melhor com os nossos sentimentos. Ao compreender melhor as emoções é possível entender melhor as pessoas com quem você convive. Um empreendedor precisa lidar com investidores, clientes e fornecedores constantemente e com a leitura pode aprender a lidar melhor com determinados sinais.

“A Lógica do Cisne Negro”

5

Temas como sorte, incerteza e probabilidade são abordados pelo autor para explicar determinados conhecimentos. Para Bonomo, do Ibmec/MG, essa é uma obra indicada para quem atua no mundo empresarial e precisa entender seus paradoxos.

“A Revolta de Atlas”

6

Neste romance, o mundo é um lugar em que novas ideias são punidas e empresários inventores somem sem deixar pistas. Indicação de Carvalho, do Centro de Empreendedorismo do Insper, a obra traz uma reflexão sobre inovação e empreendedorismo.

“A Vez do Sonho”

7

A obra contém entrevistas de onze empreendedores brasileiros feitas por Fernando Dolabela. Eles tratam de assuntos como riscos e inovação por meio de suas experiências.

“As 48 Leis do Poder”

8

O livro mostra como pensam estrategistas de diferentes épocas e como eles usam a inteligência e planejamento para vencer. Martins, da Sociedade Latino Americana de Coaching, diz que o livro indica como conviver com erros e acertos.

“As Campeãs Ocultas”

9

A obra traz lições de 500 pequenas e médias empresas, de diversos países, que são destaques em seu mercado. Além disso, o autor descobriu que elas têm alguns aspectos em comum como serem inovadoras e próximas de seus consumidores.

“As Cartas de Tsuji”

10

Este livro narra a história de um pesquisador que decide abrir uma empresa. “Leitura fácil e bastante didática, com apontamentos claros e dicas rápidas para empreendedores de início de carreira”, afirma Bonomo.

“Eu S/A”

11

Essa ficção tem como assunto principal o marketing. A narrativa acontece em um mundo em que as pessoas têm o sobrenome substituído pela marca da empresa em que trabalham.

“Fora de série – Outliers”

12

A obra traz exemplos de empreendedores que conseguiram o sucesso que as pessoas tanto almejam e mostra que há uma lógica para isso. Para o autor, é um conjunto de fatores como oportunidades incríveis e nível de excelência do profissional.

“Liderança – Segundo Barack Obama”

13

As campanhas presidenciais de Barack Obama foram marcadas pela capacidade de lidar com diferentes tipos de mídia. Mais do que isso, a obra mostra quais foram as estratégias intrapessoais e interpessoais para chegar à presidência dos Estados Unidos.

“Hard Drive: Desejo de Vencer”

14

A obra narra a história da Microsoft e de seu fundador, Bill Gates. “O livro, em sua perspectiva histórica, apresenta uma empresa que surpreende seus clientes com um misto de capacidade, agressividade, competência e arrogância, com um final que ainda está por ser escrito”, explica Arruda, coordenador do Núcleo de Inovação da Fundação Dom Cabral.

“O Poder do Mito”

15

A obra é uma série de conversas que o autor teve com o jornalista norte-americano Bill Moyers e fala sobre os mitos e as aventuras que todos passam para evoluir. Para Celestino, é uma maneira de empreendedores observarem seus desafios, medos e desejos de modo a amadurecer como indivíduo e auxiliar outros a fazerem o mesmo.

“O Poder dos Quietos”

16

A obra é baseada em pesquisas científicas e mostra grandes realizações feitas por introvertidos como Albert Einstein. Para Celestino, é essencial que o empreendedor tenha habilidade para lidar com diferentes tipos de profissionais, dos extrovertidos aos introvertidos.

“Por que as zebras não têm úlceras?”

17

O autor é um especialista em estresse e acredita que o motivo da queda de desempenho profissional é como ministramos o estresse em corpo. “Segundo o autor, a maneira que fazemos isso será a chave para que nossas inteligências sejam usadas para a aquisição de resultados”, explica Martins, da Sociedade Latino Americana de Coaching.

“The Idea Factory”

18

A obra narra a história da Bell Laboratories, de onde saíram as principais inovações do século 20, como laser e linguagens de programação, além de mão de obra para startups.

“The First Venture Capitalist”

19

Georges Doriot era acadêmico da Universidade de Harvard, empreendedor e fundou o INSEAD, uma das escolas de negócios de destaque mundial. A obra é uma reunião de relatos de ex-alunos e colegas de Doriot.

“Bilionários por acaso”

20

Bilionários por acaso é uma narrativa em alta voltagem sobre dois estudantes desajustados de Harvard que tentavam aumentar suas chances com o sexo oposto e terminaram criando o Facebook. Protagonizada pelo brasileiro Eduardo Saverin, estudante de economia, e pelo norte-americano Mark Zuckerberg, gênio da informática – amigos que sobreviviam num ambiente repleto de alunos brilhantes de famílias supertradicionais – mostra a trajetória da criação da rede social que se tornou uma das mais poderosas empresas do mundo e que revolucionou a maneira como milhões de pessoas se relacionam.

FONTE: Exame

Posts relacionados

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.