Apendicite

2 minutos para ler

Conheça os sintomas

O apêndice trata-se de um pequeno órgão em forma de bolsa situado no começo do intestino grosso, que é importante para atuar como defesa contra infecções locais.

A apendicite acontece quando há uma inflamação aguda do apêndice, causada geralmente pela retenção de gordura ou restos fecais, ou ainda como resultado de infecções gastrointestinais de origem viral ou bacteriana.

Nesses casos, as bactérias presentes naturalmente no órgão se proliferam excessivamente causando inchaço e dor abdominal.

Geralmente, a apendicite é considerada um quadro emergencial que necessita de intervenção cirúrgica. Se não tratada a tempo, há risco de rompimento do apêndice, o que pode causar uma infecção generalizada.

Sintomas

Os principais sintomas de apendicite são:

· Apatia;

· Barriga inchada ou excesso de gases;

· Calafrios;

· Distensão e rigidez abdominal;

· Dor abdominal intensa no lado inferior direito;

· Dor ou desconforto abdominal sem localização;

· Enjoo;

· Febre;

· Mal estar geral;

· Muita dor ao encostar na barriga;

· Náuseas ou vômitos;

· Perda de apetite;

· Prisão de ventre ou diarreia.

O diagnóstico clínico é realizado com base na história do paciente e na palpação do abdômen. Estabelecer o diagnóstico de apendicite nem sempre é fácil. Por isso, havendo suspeita da infecção, o paciente deve ser encaminhado para cirurgia o mais depressa possível para evitar complicações graves, como a peritonite, que é a inflamação da mucosa que reveste toda a cavidade abdominal.

O tratamento da apendicite é cirúrgico. A intervenção pode ser feita também por via laparoscópica com os mesmos resultados da cirurgia com campo aberto, mas bem menos invasiva.

Posts relacionados