Vale a pena se especializar em Fisioterapia do Trabalho? Descubra!

7 minutos para ler

Em meio à crescente onda de desemprego e à alta competitividade do mercado de trabalho, uma das principais maneiras de conquistar um lugar de destaque na sua profissão é investir em uma especialização. Caso você seja fisioterapeuta, uma interessante área para escolher é a Fisioterapia do Trabalho.

Esse profissional está presente em diversas empresas e organizações que se preocupam com o bem-estar dos seus funcionários. No Brasil, de acordo com o Ministério da Saúde, as doenças que mais atingem os colaboradores são o Distúrbio Osteomuscular Relacionado ao Trabalho (DORT) e a Lesão por Esforço Repetitivo (LER), que geram a necessidade de cuidado com um fisioterapeuta do trabalho.

Listamos informações importantes sobre essa área promissora da fisioterapia, sobre o mercado de trabalho para esses profissionais e como a Faculdade Inspirar pode ajudar nesse processo. Acompanhe!

O que é a Fisioterapia do Trabalho?

Com foco na prevenção, no diagnóstico e no tratamento de doenças relacionadas às atividades laborais, surgiu a Fisioterapia do Trabalho. Por meio de técnicas específicas, os colaboradores de uma empresa conseguem melhorar o rendimento e a produtividade, atingindo também uma melhor qualidade de vida.

O ambiente de trabalho pode gerar desgaste físico e mental para os funcionários, então o papel do fisioterapeuta é proporcionar a eles um bem-estar físico e social — tanto na vida pessoal desses colaboradores quanto na vida profissional. Com isso, ele pode ensinar o método mindfulness para que os trabalhadores preservem sua saúde mental. 

Entre as funções desse profissional, destacam-se:

  • o desenvolvimento de programas de ginástica laboral;
  • a promoção de palestras sobre a conscientização, treinamento preventivo e capacitação das doenças causadas pelo trabalho;
  • a prevenção de desconforto ou queixas relacionadas à região musculoesquelética durante as atividades laborais;
  • a avaliação da postura e a análise da biomecânica das atividades feitas no local de trabalho;
  • a realização de orientações sobre postura e ergonomia dos funcionários dentro e fora do trabalho;
  • o tratamento de doenças e queixas musculoesqueléticas.

O fisioterapeuta busca, principalmente, prevenir as lesões dos trabalhadores, orientando-os a adotarem hábitos diários mais saudáveis. Além disso, faz intervenções para a correção da ergonomia e da postura, promovendo sessões terapêuticas que focam no alívio de dores e desconfortos causados pelas atividades no trabalho.

Com isso, a Fisioterapia do Trabalho é benéfica tanto para os funcionários quanto para os gestores, pois além de melhorar a vida do colaborador, auxilia no desenvolvimento da empresa, impedindo que surjam doenças que prejudiquem o corpo e a mente. Inevitavelmente, essas patologias podem provocar baixa produtividade, maior incidência de faltas e gastos com assistências médicas. Ao ter o auxílio de um fisioterapeuta, esses problemas são evitados.

Como o profissional atua na área?

Se você pensa em se especializar na Fisioterapia do Trabalho, saiba que essa é uma área que vem ascendendo ao longo dos últimos anos, já que a saúde dos funcionários tem se tornado motivo de preocupação para diversas empresas. 

É notado o aumento no número de vagas destinadas a essa profissão no mercado de trabalho, lembrando que o fisioterapeuta pode atuar em qualquer empresa que priorize o cuidado com a saúde dos seus funcionários.

Geralmente esse profissional atende os pacientes de uma a duas vezes por semana, mas existem organizações que reduzem essa frequência. Além disso, na maioria das vezes esse trabalho é terceirizado, ou seja, o fisioterapeuta não é um funcionário da empresa a que presta atendimento.

Para atuar como um fisioterapeuta do trabalho, é necessário ter concluído a graduação em fisioterapia, que dura de 4 a 5 anos, em uma instituição reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC). Além disso, é preciso ter o registro profissional no Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional (Crefito).

Em busca de mais conhecimento e qualificação para trabalhar na área, é importante ter uma especialização na Fisioterapia do Trabalho. Inserida na modalidade de pós-graduação lato sensu, essa especialização pode durar de um ano a um ano e meio, e o público-alvo é o fisioterapeuta.

Ainda é possível fazer o curso por meio do ensino a distância, que oferece mais praticidade aos alunos. De qualquer forma, para quem deseja atuar na área, ter o certificado de especialista é fundamental não apenas para ganhar mais credibilidade e reconhecimento, mas para fornecer o melhor cuidado possível aos pacientes.

Como o próprio nome já diz, a especialização oferece um conhecimento específico sobre o assunto, permitindo que o profissional seja capaz de adquirir novos saberes e práticas que possibilitem um serviço prestado ainda mais aprimorado. Com isso, é possível conquistar empregos mais bem remunerados — o que gera benefícios para a sua vida profissional e pessoal.

Quais são as vantagens oferecidas pela pós-graduação na Faculdade Inspirar?

Você já percebeu que fazer a pós-graduação é imprescindível para o seu futuro profissional, mas não sabe como escolher a faculdade ideal? Existem vários critérios que precisam ser analisados, como o corpo docente, a infraestrutura, a grade curricular, entre outros.

Para facilitar a sua decisão, vamos mostrar por que fazer a sua especialização na Faculdade Inspirar é a melhor opção. A instituição atua há mais de 23 anos no país, presente em 18 estados brasileiros e contando com cursos de pós-graduação reconhecidos na área da saúde. Por três vezes consecutivas conquistou a nota máxima no Índice Geral de Cursos do MEC. Somente 42 instituições de ensino, num universo de mais de 2 mil, conquistaram o IGC 5. Neste ranking, a Faculdade Inspirar está entre as 10 melhores faculdades do país.

Além disso, você consegue fazer cursos de extensão durante a pós, obtendo mais certificações ao concluir a especialização. Caso seja a sua preferência, ainda é possível fazer cursos na modalidade a distância. 

É importante destacar que a Faculdade Inspirar é uma referência na área da saúde, contando com um corpo docente altamente qualificado e infraestrutura ideal para os estudantes praticarem os conhecimentos adquiridos nas disciplinas.

Em relação à grade curricular, no caso da Fisioterapia do Trabalho o aluno tem matérias como: 

  • gestão e empreendedorismo;
  • biomecânica ocupacional e antropometria;
  • ergonomia organizacional;
  • análise do movimento humano;
  • doenças ocupacionais;
  • segurança do trabalho. 

Ao concluir a pós-graduação, o profissional é capaz de atuar de forma responsável e eficiente nas empresas que priorizam a saúde dos seus colaboradores.

A pós-graduação em Fisioterapia do Trabalho na Faculdade Inspirar promove ao aluno a capacidade de trabalhar de forma eficaz em consultorias, projetos industriais e de acessibilidade, perícias trabalhistas, ambulatório, programas de ginástica laboral e análise ergonômica do trabalho.

Se você quer saber mais sobre os dias e horários das aulas, o campus do curso, os coordenadores e valores de investimento na especialização, confira o nosso site e tire todas as suas dúvidas!

Posts relacionados

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.