Kinesio Tape

4 minutos para ler

Tiras adesivas no corpo para alívio de dores?

A Kinesio Tape é uma técnica de bandagem funcional que consiste na aplicação de tiras adesivas no corpo com o objetivo de acelerar e potencializar a recuperação de lesões, alívio de dores e também como uma alternativa para a reabilitação das ações motoras de músculos, articulações e ligamentos.

Essa fita promove um discreto levantamento da pele, criando um pequeno espaço entre o músculo e a derme, favorecendo a drenagem de líquidos que podem estar acumulados no local e que provocam os sintomas da lesão muscular, além de aumentar a circulação sanguínea local e promover melhor desempenho muscular e diminuição da fadiga.

As fitas de Kinesio são utilizadas com o objetivo de estabilizar e preservar as articulações e músculos. Elas são usadas por pessoas que não são atletas, mas que possuem alguma lesão ou dor que atrapalha no dia a dia.

A bandagem cria uma estabilização articular limitando as amplitudes e exerce uma pressão sobre a região da lesão, que induz a uma redução da circulação subcutânea. O Kinesio permite liberdade de movimento e funciona como uma bomba estimulando a circulação linfática.

A fita de Kinesio Tape possui diversos benefícios e aplicações, podendo ser usada para:

· Acelerar processos cicatriciais e regenerativos tecidulares;

· Aliviar a dor;

· Ativar e melhorar a circulação sanguínea e linfática local;

· Aumentar a propriocepção;

· Aumentar a proprioceptividade através da ativação dos mecanorreceptores;

· Conferir um melhor suporte da articulação afetada;

· Controlar o inchaço local;

· Corrigir a função muscular e sua função normal;

· Diminuir a tensão sobre as articulações afetadas;

· Diminuir o impacto sobre as articulações, sem limitar os movimentos;

· Manter o normal funcionamento das estruturas músculo-esqueléticas, sem afetar ou restringir o seu movimento;

· Melhorar a circulação sanguínea local;

· Melhorar o rendimento nos treinos;

· Permitir a diminuição da tensão muscular e potencializar a sua ação;

· Reduzir a dor no local lesionado;

· Reduzir e absorver mais rapidamente edemas ou hematomas;

· Ter efeitos psicológicos, na pós-recuperação, dando segurança, estabilidade e conforto ao movimento.

Formas de aplicação

· Aplicação “I”: aplicar sobre a pele. É indicado para dores musculares e inchaço.

· Aplicação “Y”: indicada para as regiões mais sensíveis e de difícil aderência, como os joelhos e os cotovelos. A aplicação em “Y” é útil para tratar cicatrizes e aliviar o inchaço.

· Aplicação “X”: indicada para áreas que conectam articulações, como próximo dos cotovelos e joelhos. Também é recomendada para a parte de trás das pernas, o meio do “X” deve ficar localizado no centro da região dolorida.

· Aplicação “donnut” ou rosquinha: indicada para os joelhos, cotovelos e pulsos. É só colar as fitas de modo que formem um círculo com um buraco no meio.

· Método teia: a aplicação com um pedaço da fita é no centro da região mais dolorida. Depois colar fitas ao redor da primeira, como se fosse uma teia de aranha.

A duração da fita no corpo varia de 48 a 72 horas após a aplicação – o tempo depende do tecido da pele, da forma como foi feita a aplicação e também da rotina do paciente. O tempo do tratamento com a bandagem também muda de acordo com a resposta do paciente e do grau e tipo de lesão.

Uma análise brasileira feita em 2014 constatou que a redução da dor proporcionada pelo Kinesio Tape é semelhante a outros tipos de intervenções,

sendo considerada uma técnica de tratamento adjunta ou complementar e deve ser feita e indicada por um profissional.

Posts relacionados