O que é startup? Entenda como funciona esse tipo de empresa

2 minutos para ler

O mundo dos negócios é como a vida: se movimenta o tempo todo. Transformações na economia, na tecnologia e no estilo de vida das pessoas refletem em como o mercado funciona. Como resultado, modelos tradicionais passam a dividir espaço com empresas que nascem sob uma nova lógica.

Um exemplo claro está nas startups, que, na contramão da crise, não param de crescer. Só no segundo semestre de 2015, o número desses empreendimentos subiu 18,5% no país, segundo a Associação Brasileira de Startups (ABStartups).

O que significa?

De acordo com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), startup é um grupo de pessoas que, em condições de extrema incerteza, trabalha à procura de um modelo de negócio que seja:

Repetível – apto a entregar o mesmo produto ou serviço em grande escala;
Escalável– capaz de aumentar receita, mas com custos crescendo em um ritmo lento.
Não basta ter uma ideia na cabeça. Precisa trabalhar duro no planejamento antes de colocar em prática. Montar um plano de negócio e validar a ideia da startup são etapas fundamentais. Não só para aumentar as chances de o projeto dar certo no mercado, mas também para atrair investidores.

Outro jeito de ganhar apoio é com as aceleradoras de startups; algumas contam até com incentivo de governos e universidades.

Como o ambiente on-line permite o crescimento rápido, barato e em larga escala, muitas startups são ligadas à internet e atuam com sites e aplicativos. Mas podem ser de qualquer área, desde que atendam àqueles pré-requisitos: chances de expansão e de alta lucratividade em curto prazo.

Está mais fácil de entender, né? Se a ideia lhe agrada, fique de olho nesse modelo de negócio porque, afinal, ele está vencendo a crise.

FONTE: Blog Senac

Posts relacionados

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.