Psicopedagogia

3 minutos para ler

Áreas de atuação e o processo de aprendizagem humana

A psicopedagogia é um campo do conhecimento que mescla as ciências da psicologia e pedagogia e estuda o processo de aprendizagem humana. O objetivo da psicopedagogia é melhorar a aprendizagem e o desempenho de crianças, adolescentes e adultos.

Para identificar dificuldades e falhas de ensino, a psicopedagogia utiliza os conhecimentos da pedagogia, psicologia, antropologia, psicanálise, neurologia, fonoaudiologia e psicolinguística.

O psicopedagogo é o profissional que busca compreender o processo de absorção de informações e construção de conhecimentos dos indivíduos em todas as fases da vida humana. Dessa forma, o psicopedagogo é o responsável por prevenir, diagnosticar e tratar problemas de aprendizagem.

A principal área de atuação dos psicopedagogos é na educação, em instituição de ensino públicas ou privadas. Seus atendimentos visam analisar a relação entre os professores e o processo de aprendizagem, com o objetivo de melhorar o trabalho da instituição.

Este profissional é capaz de identificar dificuldades, problemas e distúrbios no processo de aprendizagem, sejam de natureza emocional, social, física ou mental. Após a identificação são aplicados métodos para a solução ou prevenção dos problemas.

O papel da Psicopedagogia inclui o planejamento de ações voltadas para obter uma educação inclusiva e que considere as dificuldades de todos.

Veja quais são as principais atividades e atribuições desses profissionais:

· Apoio psicopedagógico aos trabalhos educacionais;

· Consultoria e assessoria psicopedagógica;

· Direção de serviços de Psicopedagogia em estabelecimentos públicos ou privados;

· Intervenção psicopedagógica;

· Orientação, coordenação e supervisão de cursos de Psicopedagogia;

· Produção e divulgação do conhecimento científico e tecnológico;

· Realização de diagnóstico e intervenção psicopedagógica.

Além da área da Educação, esses profissionais também podem atuar em clínicas e consultórios e prestar assistência psicopedagógica para pacientes em hospitais.

Dentre os transtornos de aprendizagem tratados pela Psicopedagogia estão:

· Discalculia: dificuldade em fazer cálculos;

· Dislexia: dificuldade em ler, compreender e identificar letras e palavras;

· Disgrafia: dificuldade em escrever e identificar letras e palavras, além da redução das habilidades motoras da criança;

· Transtorno de aprendizagem não-verbal (TANV): caracterizado pela redução das aptidões verbais e motoras. A criança tem dificuldade para interpretar sinais não-verbais, como linguagem corporal e expressões faciais;

· Transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH): dificuldade de concentração e comportamento hiperativo. Não é considerado um transtorno de aprendizagem, mas torna o processo de aprender muito desafiador; e

· Transtorno do espectro autista (TEA): também não é uma condição associada diretamente ao aprendizado, mas afeta a capacidade de aprender.

Ficou interessado nesta área? Para mais informações sobre a Pós-graduação semipresencial de Psicopedagogia da Faculdade Inspirar acesse: https://www.inspirar.com.br/pos-psicopedagogia

Posts relacionados