Ergonomia no Ambiente de Trabalho: bem-estar e produtividade

No cenário atual, em que passamos grande parte do nosso dia em ambientes de trabalho, a ergonomia torna-se um elemento crucial para garantir não apenas a eficiência das operações, mas também o bem-estar dos colaboradores. A ergonomia concentra-se no design e na organização dos espaços de trabalho de forma a torná-los seguros, confortáveis e adequados às necessidades individuais de cada funcionário. Neste artigo, exploraremos a importância da ergonomia no ambiente de trabalho e como sua aplicação pode impactar positivamente a saúde e a produtividade.

O que é Ergonomia no ambiente de trabalho?

A ergonomia, no contexto do ambiente de trabalho, refere-se ao estudo das interações entre as pessoas e o ambiente em que trabalham. Isso inclui o design de móveis, a disposição dos equipamentos, a iluminação, a altura das mesas e cadeiras, entre outros fatores que afetam diretamente a maneira como os funcionários realizam suas tarefas. O objetivo da ergonomia é criar um ambiente que se adapte às necessidades humanas, promovendo conforto, saúde e eficiência no trabalho.

“Em poucas palavras a Ergonomia é a adaptação do trabalho ao homem.  Para que o trabalho seja ergonômico ele precisa ser realizado com conforto, segurança, produtividade e de forma a não comprometer a saúde do trabalhador”, ressalta a ergonomista Cynthia Zilli.

Benefícios da Ergonomia no trabalho

  1. Prevenção de lesões: Um ambiente de trabalho ergonomicamente projetado ajuda a reduzir o risco de lesões ocupacionais, como Lesões por Esforço Repetitivo (LER) e Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho (DORT), que podem resultar de movimentos repetitivos ou posturas inadequadas.
  2. Melhoria na produtividade: Colaboradores que trabalham em ambientes ergonomicamente projetados tendem a ser mais produtivos, pois estão fisicamente confortáveis e têm menos interrupções devido a desconfortos físicos.
  3. Redução do absenteísmo: A ergonomia no local de trabalho contribui para a redução do absenteísmo, uma vez que colaboradores saudáveis e confortáveis são menos propensos a faltar por motivos de saúde relacionados ao trabalho.
  4. Aumento da satisfação dos funcionários: Quando as empresas demonstram preocupação com o bem-estar de seus funcionários, a satisfação no trabalho aumenta. Colaboradores satisfeitos tendem a ser mais leais e comprometidos.

A ergonomia pode atuar em 3 frentes:

Ergonomia de Conscientização: Na conscientização dos trabalhadores sobre os princípios da ergonomia em relação a questões posturais, biomecânicas e organizacionais.

Ergonomia de correção: Na correção de situações e postos anti ergonômico.

Ergonomia de concepção: Na concepção de postos, processos e ambientes de forma a evitar situações indesejáveis sob o ponto de vista de saúde, segurança e até produtividade nas empresas.

Investir em Ergonomia no ambiente de trabalho é um investimento na saúde e no desempenho dos colaboradores. Ao criar um ambiente que promove o conforto e a eficiência, as empresas podem colher os benefícios de funcionários mais saudáveis, produtivos e satisfeitos.

Veja Mais

QUESTIONAMOS O CONHECIDO

Acreditamos que a aprendizagem pode ser diferente, pode ser melhor. É isso que nos impulsiona a quebrar barreiras e oferecer uma experiência de aprendizagem única.

Aqui, provocamos o potencial das pessoas para elas se prepararem para conquistar o novo, transformar o desconhecido em conhecimento e estimular a construção de um mundo melhor.

Afinal, é isso que nos faz ser uma Faculdade à frente do nosso tempo.

Quer mais informações?

0800 602 2828