Fisioterapeutas e Terapeutas Ocupacionais podem diagnosticar e indicar tratamentos

Não se trata de uma vitória e sim de um reconhecimento!

Dr.Esperidião Aquim – presidente da Faculdade Inspirar

 

Por unanimidade, a Primeira Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ), decidiu nos embargos de declaração no REsp 1.592.450, que é permitido aos fisioterapeutas e aos terapeutas ocupacionais diagnosticar doenças, prescrever tratamentos e dar alta terapêutica.

Tal decisão reformou a anterior, onde dizia que o diagnóstico, prescrição de tratamento e avaliação de resultados eram funções exclusivas da classe médica, deixando apenas a execução das técnicas e dos métodos prescritos a cargo do fisioterapeuta e do terapeuta ocupacional.

 

O fisioterapeuta Diego Bertaconi Martins, 33 anos, aluno de pós-graduação em osteopatia, diz como é importante para os fisioterapeutas e terapeutas ocupacionais em avaliar e estabelecer o melhor tratamento para cada paciente. “É vital ao terapeuta do movimento avaliar cada um de forma individual e proporcionar o tratamento que melhor beneficia o indivíduo naquele momento”, explica.

Para o fisioterapeuta e presidente da Faculdade Inspirar – referência em pós-graduação em fisioterapia em todo Brasil – Dr.Esperidião Aquim, não é apenas uma grande grande conquista da classe. “Não se trata de uma vitória e sim de um reconhecimento!”, enaltece o presidente.

Veja Mais

QUESTIONAMOS O CONHECIDO

Acreditamos que a aprendizagem pode ser diferente, pode ser melhor. É isso que nos impulsiona a quebrar barreiras e oferecer uma experiência de aprendizagem única.

Aqui, provocamos o potencial das pessoas para elas se prepararem para conquistar o novo, transformar o desconhecido em conhecimento e estimular a construção de um mundo melhor.

Afinal, é isso que nos faz ser uma Faculdade à frente do nosso tempo.

Quer mais informações?

0800 602 2828