Tecnologia na Fisioterapia

A tecnologia vem se desenvolvendo em diversos setores e, claro, que a saúde não estaria de fora. Sempre vemos médicos e enfermeiros utilizando novidades tecnológicas, inclusive em séries e filmes. Mas como os fisioterapeutas conseguem se beneficiar?

É possível conciliar a tecnologia com a fisioterapia em vários momentos e/ou situações com pacientes. Durante a avaliação, por exemplo, existem instrumentos, softwares e equipamentos que podem ser utilizados durante o exame físico do paciente.

Já no tratamento, a gamificação, modalidades terapêuticas e aplicativos são alguns exemplos genéricos de possibilidades em que as novas tecnologias podem ajudar na abordagem do tratamento.

Na prevenção e educação em saúde, os jogos, games e aplicativos possuem conteúdos que também podem contribuir para a educação e engajamento dos pacientes. Também não podemos esquecer das tecnologias e softwares de gestão.

O professor Eduardo Filoni, especialista em Fisioterapia Traumato-ortopédica e Osteopatia, contou que os  equipamentos mais utilizados são:

  • Dinamômetro para avaliar a força muscular

Com base nos resultados obtidos através da dinamometria, o fisioterapeuta pode prescrever exercícios específicos para fortalecer os músculos enfraquecidos ou desequilibrados e monitorar a melhora do paciente ao longo do tempo.

A dinamometria também pode ser usada para comparar a força muscular de um paciente com a de pessoas saudáveis da mesma idade e sexo, o que pode ajudar a identificar desequilíbrios musculares e planejar o tratamento.

  • Algômetro de pressão para avaliar a tolerância à dor

O fisioterapeuta pode utilizar o equipamento para medir a pressão que o paciente é capaz de suportar em diferentes partes do corpo, como músculos, articulações e tendões. E com base nos resultados obtidos, pode planejar o tratamento para reduzir a dor e melhorar a função física do paciente.

  • Baropodômetro para avaliação do tipo de pisada e forças compressivas nos pés

Esse equipamento é composto por uma plataforma que contém sensores de pressão que capturam informações sobre a distribuição do peso em diferentes áreas dos pés.

A baropodometria é frequentemente usada na avaliação de pacientes com problemas ortopédicos, neurológicos ou reumatológicos que afetam a marcha. Através da análise das pressões plantares, é possível identificar possíveis desequilíbrios musculares, problemas de postura e outros fatores que podem estar afetando a marcha do paciente.

Além disso, a baropodometria pode ser usada para prescrever palmilhas personalizadas para corrigir problemas de postura ou distribuição de peso nos pés.

  • Software para avaliação postural

Existem vários softwares disponíveis para avaliação postural na fisioterapia. Esses softwares geralmente capturam imagens do paciente em diferentes ângulos, em repouso ou em movimento.

Essas imagens são analisadas pelo software, que usa algoritmos para medir e comparar medidas como altura, comprimento de membros, angulações das articulações e simetria corporal. Esses dados são usados para avaliar a postura do paciente e identificar desvios e desequilíbrios que possam estar contribuindo para a sua condição.

Alguns exemplos são:  Physiocode, PostureScreen Mobile e Diers Formetric.

  • Realidade Virtual e Gamificação

A realidade virtual consiste em criar um ambiente virtual que simula situações reais de tratamento, como um jogo que simula o movimento de um paciente em uma sessão de fisioterapia. O paciente utiliza óculos de realidade virtual para imergir nesse ambiente virtual e realizar exercícios e atividades que são específicas para seu tratamento.

Já a gamificação é a técnica de utilizar elementos de jogos para engajar o paciente em seu tratamento. Esses elementos incluem pontos, recompensas, desafios e rankings, por exemplo. A gamificação é utilizada em conjunto com a realidade virtual para tornar o tratamento mais agradável e divertido para o paciente.

Essa técnica ajuda a manter o paciente motivado e engajado em seu tratamento, aumentando a adesão e reduzindo o tempo de recuperação.

  • Recursos eletrofísicos que permitem terapia combinada

Essa técnica é bastante utilizada para tratar lesões musculoesqueléticas, dores crônicas e outras condições de saúde. Alguns dos recursos eletrofísicos que podem ser combinados na terapia combinada são:

*Eletroterapia: utiliza correntes elétricas para estimular as fibras musculares e nervosas, promovendo a redução da dor, o aumento da circulação sanguínea e a melhora da função muscular. As correntes elétricas podem ser utilizadas de diferentes formas, como a corrente interferencial, a corrente russa, a corrente galvânica, entre outras.

*Ultrassom: é uma forma de energia sonora que pode ser utilizada para promover a cicatrização de tecidos, reduzir a dor e a inflamação, e melhorar a circulação sanguínea.

*Laserterapia: é uma técnica que utiliza feixes de luz laser para estimular o processo de cicatrização de tecidos, reduzir a dor e a inflamação, e melhorar a circulação sanguínea.

*Magnetoterapia: utiliza campos magnéticos para estimular as células do corpo, promovendo a cicatrização de tecidos, a redução da dor e a melhora da função muscular.

*Crioterapia: consiste na aplicação de frio na área afetada, o que ajuda a reduzir a dor e a inflamação, além de promover a recuperação muscular.

Esses são apenas alguns exemplos de recursos eletrofísicos que podem ser combinados na terapia combinada.

O avanço da tecnologia também traz o benefício de deixar alguns recursos mais fáceis de serem utilizados. Por exemplo – atualmente alguns eletroestimuladores permitem a aplicação via bluetooth, ou seja, sem a necessidade de excesso de cabos, permitindo maior liberdade.

Veja Mais

QUESTIONAMOS O CONHECIDO

Acreditamos que a aprendizagem pode ser diferente, pode ser melhor. É isso que nos impulsiona a quebrar barreiras e oferecer uma experiência de aprendizagem única.

Aqui, provocamos o potencial das pessoas para elas se prepararem para conquistar o novo, transformar o desconhecido em conhecimento e estimular a construção de um mundo melhor.

Afinal, é isso que nos faz ser uma Faculdade à frente do nosso tempo.

Quer mais informações?

0800 602 2828