mercado da estetica mercado da estetica

O Mercado da Estética: uma demanda em alta!

7 minutos para ler

Quem está no mercado da estética ou gosta de acompanhar as últimas tendências do mundo da beleza sabe que os brasileiros são vaidosos. Mas a aparência física não é tudo, já que ter um semblante saudável, que reflete o bem-estar interior, também conta. E é nesse cenário que o profissional da área se encontra.

Para ter sucesso no negócio e entregar a experiência que o cliente espera, é preciso inovar constantemente. Para isso, é importante acompanhar as novidades do mercado para oferecer o que os consumidores procuram.

Quer saber o que está em alta neste e nos próximos anos e como se especializar para atender o que vem por aí? Continue a leitura e descubra!

O crescimento do mercado de estética

Nos últimos anos, o mercado da estética segue aquecido a pleno vapor e tem tudo para se tornar um dos mais promissores do momento. O reflexo direto dessa demanda, que tende a aumentar, vem do próprio comportamento do consumidor brasileiro. 

Além da vaidade, prezamos por cuidados pessoais, com foco em bem-estar e autoestima. E o que não falta na área é segmentação para atender os mais diferentes tipos de serviços estéticos. Desde os tradicionais até aplicações mais especializadas, como:

  • fisioterapia dermatofuncional e cosmetologia;
  • estética avançada e métodos invasivos;
  • biomedicina estética;
  • estética e dermatocosmética;
  • saúde estética com ênfase em harmonização facial.

Mas vamos ver alguns números, que sinalizam para a alta desse segmento. De acordo com um levantamento da Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica Estética (ISAPS, sigla em inglês), o Brasil lidera o ranking de países com mais cirurgias estéticas

Em 2018, foram realizados 1.498.327 procedimentos. Quando falamos de público, as mulheres aparecem na frente (87,4%) em relação aos homens (12,6%). Vale destacar ainda que Brasil e Estados Unidos (segundo da lista) respondem por 28,4% do total de cirurgias no mundo todo.

As principais tendências de tratamentos estéticos

Você já deve ter ouvido falar em transformação digital, não é mesmo? Conforme o relatório mais recente da plataforma CB Insights, a tecnologia promete trazer um novo olhar para o mercado da estética em 2020 por meio da inteligência artificial, big data, entre outros recursos. 

Neste post, nosso foco será mais voltado para o mercado de trabalho e para quem busca uma especialização na área. Detalharemos a seguir as principais tendências, como o lançamento de produtos mais inclusivos, o melhor uso dos recursos naturais, a vaidade masculina e o visagismo.

Produtos inclusivos e gênero neutro

Parte de um movimento cultural e social, a tendência genderless (sem gênero ou gênero neutro) vem ganhando espaço entre os produtos de beleza. Muitos deles já começam a sair de linhas exclusivas para homens ou mulheres. A ideia é comercializar para os dois gêneros, sem regras ou especificações.

A neutralidade já é uma preocupação aplicada na moda e agora chega com força ao mercado da estética. Com o intuito de ampliar o alcance, o conceito de beleza tende a seguir por um caminho cada vez mais inclusivo e diversificado, assim como o comportamento do consumidor.

Vaidade masculina

Quem disse que somente as mulheres se preocupam com a beleza? Existem muitos homens vaidosos e atentos a cuidar da aparência e do bem-estar. Ao andar pelas ruas, você já deve ter reparado no aumento de estabelecimentos criados especialmente para o universo masculino, com direito a barba, cabelo e bigode.

Afinal, os homens também se cuidam. Serviços de manicure, pedicure e depilação também estão dentro desse nicho que tem mostrado sinais de crescimento. É o que mostra o Boletim de Tendências dos Negócios de Beleza do Sebrae.

Segundo o relatório, os homens estão frequentando esses espaços com uma maior regularidade. E isso não é tudo, já que, no caso da depilação, antes restrita ao peito e pernas, agora também existe procura para o rosto, virilha e axilas. Para atender a demanda crescente, uma boa ideia é investir em áreas ou dias exclusivos para o atendimento do público masculino.

Especialização

A busca por uma especialização do serviço também está em alta em meio a uma demanda cada vez maior por serviços mais específicos como na área de cosmetologia, perfumaria, estética avançada, entre outros.

Visagismo

Outra tendência se refere ao profissional que faz uma consultoria de imagem, capaz de prestar diferentes serviços na criação de um projeto visual único e exclusivo para cada pessoa. Vale buscar inspiração na moda, em personagens da TV, nos desfiles ou em revistas. 

Explorar cores, novos penteados para cabelos, inovar no cuidado com as unhas ou nas técnicas para sobrancelhas (e assim por diante) faz parte do trabalho de um visagista. Essa área, mais do que todas as outras, precisa acompanhar de perto as últimas tendências.

Estética e bem-estar

O bem-estar deixou de ser uma preocupação de poucos para se tornar um estilo de vida para muitos. Desse modo, o mercado de estética passa a priorizar não apenas a beleza externa, mas também o que vem de dentro. Um salão pode criar um ambiente de relaxamento com serviços de massagens, aromas e músicas.

Como extensão desse spa, os cosméticos ganham uma linha de dermocosméticos, além de produtos funcionais. Ainda nesse contexto, começam a surgir itens com foco em higiene pessoal e suplementação de beleza pós-treino.

Beleza ecologicamente correta

Por fim, entre as principais tendências para os próximos anos, a sustentabilidade se destaca. Ela vem muito alinhada, inclusive, com a estética vinculada ao bem-estar. Cada vez mais, os consumidores buscam produtos com menos química e com ingredientes orgânicos naturais à base de plantas e probióticos.

Muitas marcas de beleza têm trabalhado em iniciativas para o desenvolvimento sustentável, desde a escolha dos ingredientes até as embalagens. Afinal, os consumidores estão mais conscientes do que nunca, assumindo uma postura ecologicamente correta.

A importância de se profissionalizar

Com tantas demandas específicas para o mercado da estética, o melhor caminho para os profissionais da área é investir em uma pós-graduação. Somente assim eles serão capazes de oferecer serviços com os diferenciais e a qualidade que os consumidores procuram.

Embora o segmento esteja em expansão, o mercado é muito competitivo. Por isso, é importante se especializar em uma instituição que ofereça os insumos necessários para você aproveitar ao máximo os estudos e aplicar todo o aprendizado no dia a dia como profissional.

Aqui na Faculdade Inspirar, o foco é totalmente direcionado ao mercado, com especializações que atendem uma demanda crescente. Desde a formação em estética avançada e dermatocosmética até fisioterapia dermatofuncional e biomedicina estética, os nossos cursos acompanham todas as atualizações do mercado em prol de um ensino de qualidade.

Além disso, as aulas são ministradas por professores bem-conceituados e preparados para compartilhar todo o conhecimento com você. Para complementar, nossa matriz curricular é constantemente atualizada e proporciona aos alunos a chance de colocar em prática tudo que se aprende na faculdade.

As tendências para o mercado da estética que mostramos aqui são apenas algumas das mudanças, que vêm transformando o setor. Da inclusão ao atendimento do público masculino até o visagismo, o foco em bem-estar e nos cuidados com o meio ambiente são alguns dos caminhos que os profissionais podem seguir enquanto se especializam. Para isso, é importante escolher uma área de especialização e participar de treinamentos e workshops.

Então, em que área você vai se especializar? Aproveite para assinar nossa newsletter e acompanhar todas as novidades do mercado!

Posts relacionados

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.